Veja a intenção de voto de cada deputado paranaense na reforma da Previdência

A reforma da Previdência, uma das principais bandeiras do governo Michel Temer, deve ir à votação na próxima quarta-feira (6). Para aprová-la, são necessários 308 votos favoráveis em dois turnos, por tratar-se de uma PEC (Proposta de Emenda à Constituição).

Levantamento feito pela Folha de S.Paulo entre os dias 27 e 30 de novembro indica com 512 deputados (um está de licença sem suplente em exercício), contudo, que o peemedebista não tem o número necessário de votos para aprovar o texto tal como apresentado nas últimas semanas.

Ao menos 211 deputados afirmaram que rejeitarão a proposta, o que torna inviável alcançar o apoio mínimo necessário. Veja abaixo as respostas dos deputados do Paraná:

CONTRÁRIOS À PROPOSTA DE REFORMA:

Aliel Machado (REDE-PR)
Assis Do Couto (PDT-PR)
Christiane de Souza Yared (PR-PR)
Delegado Francischini (SD-PR)
Diego Garcia (PHS-PR)
Enio Verri (PT-PR)
Giacobo (PR-PR)
Leopoldo Meyer (PSB-PR)
Luciano Ducci (PSB-PR)
Zeca Dirceu (PT-PR)

FAVORÁVEIS PARCIALMENTE À PROPOSTA DE REFORMA:

Hermes Parcianello (PMDB-PR)

FAVORÁVEIS À PROPOSTA DE REFORMA:

Dilceu Sperafico (PP-PR)
Evandro Roman (PSD-PR)
Nelson Meurer (PP-PR)
Nelson Padovani (PSDB-PR)
Osmar Serraglio (PMDB-PR)
Reinhold Stephanes (PSD-PR)

INDECISOS:

Luiz Carlos Hauly (PSDB-PR)
Takayama (PSC-PR)

NÃO QUISERAM SE MANIFESTAR:

Alex Canziani (PTB-PR)
Alfredo Kaefer (PSL-PR)
João Arruda (PMDB-PR)
Leandre (PV-PR)
Osmar Bertoldi (DEM-PR)
Sandro Alex (PSD-PR)
Toninho Wandscheer (PROS-PR)

NÃO ENCONTRADOS:

Edmar Arruda (PSD-PR)
Luiz Nishimori (PR-PR)
Rubens Bueno (PPS-PR)
Sergio Souza (PMDB-PR)