Polícia Civil diz que morte de Tatiane Laurindo ainda é um mistério

A morte de Tatiane Laurindo da Silva de 31 anos ainda é um mistério, segundo a Delegada Amanda Macedo, responsável pela investigação.

Tatiane foi encontrada morta por familiares na tarde de sábado (12), caída de bruços no banheiro da residência em que morava na Rua Maranhão, região central de Formosa do Oeste.

A suspeita inicial é que a vítima teria cometido suicídio, mas dados do IML (Instituto Médico-Legal) de Toledo atestaram vários ferimentos pelo corpo, indicando que a ela pode ter sido agredida até a morte. Não foram encontradas marcas de cortes ou perfurações.

Até o momento já foram ouvidas 15 pessoas próximas a Tatiane. Outras sete oitivas estão marcadas para esta terça-feira (15).

Segundo a delegada Amanda, ainda não há suspeitos na morte da mulher, que inclusive não tinha relacionamentos amorosos e nem envolvimento com a criminalidade.

Denúncias que ajudem a Polícia pode ser repassadas pelo 190 ou 197.

Fonte: Catve